Mais

    Como a ausência de Gerson está afetando o meio-campo do Flamengo

    Publicado em:

    A lesão de Gerson deixou o Flamengo sem uma peça importante para a viagem ao Equador, exigindo um aumento nas provas de meio-campo.

    Na tentativa de manter o equilíbrio defensivo, Vítor Pereira tem procurado alternativas nos últimos dias, e terá que modificar a formação da equipe novamente para a disputa da Recopa Sul-Americana, que acontecerá na próxima terça-feira (21/02), no país vizinho.

    Everton Ribeiro, Rodrigo caio, Filipe Luis
    Everton Ribeiro, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro no Equador – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

    A ausência de Gerson, que deixou o clube para jogar no exterior, deixou um vazio na equipe e obrigou o técnico a buscar soluções.

    O impacto da saída de Gerson

    Gerson é um dos jogadores mais importantes do meio-campo do Flamengo. Sua saída deixa um grande vazio, já que ele é responsável por controlar o meio-campo, distribuir a bola e criar oportunidades de gol. Além disso, ele é um líder no vestiário e sua ausência pode ter um impacto negativo na moral da equipe.

    No último jogo do Estadual, na vitória sobre o Volta Redonda, o treinador reforçou a marcação ao sacar Everton Ribeiro, que entrou no segundo tempo e aumentou o poder de criação. Antes disso, quem atuou mais avançado foi Gerson, em função parecida com a do camisa 7.

    As opções do técnico para substituir Gerson

    Com a saída de Gerson, o técnico do Flamengo tem buscado novas opções para o meio-campo. Ele tem testado diferentes formações e jogadores para encontrar a melhor solução. Algumas das opções que ele tem considerado incluem:

    • Éverton Ribeiro: A iniciativa inicial foi desagregar a linha de frente, formada por Everton Ribeiro, Arrascaeta, Gabigol e Pedro como vem fazendo pós mundial. Seguindo a mesma lógica, a próxima ação pode ser mantê-los unidos, porém com um novo esquema, onde o 7, mais atuante na marcação, ocupe o lugar de Gerson.
    • Pulgar: é outro jogador que pode substituir Gerson no meio-campo.Pois, tem muita habilidade defensiva e pode ser útil para proteger a defesa do Flamengo.
    • Vidal: é um jogador experiente que tem mostrado um bom desempenho nos testes recentes. Ele pode ser uma opção surpresa para o meio-campo, já que é um jogador versátil e pode desempenhar várias funções.

    O que esperar do meio-campo do Flamengo no futuro

    Com a ausência de Gerson, o meio-campo do Flamengo pode demorar um pouco para se ajustar. No entanto, o técnico tem opções sólidas para substituí-lo e a equipe está empenhada em encontrar a melhor solução.

    Com o tempo, o meio-campo do Flamengo deve se tornar mais forte e eficiente, o que pode levar a uma temporada de sucesso para o clube.

    O técnico terá este último treino antes do confronto de ida contra o Independente del Valle pela Recopa Sul-Americana no fim da tarde desta segunda-feira (18:30 horário de Brasília). No entanto, como é usual, a formação da equipe será mantida em segredo até o dia do jogo, mas deve ser modificada se comparada ao último jogo.

    Deixe seu comentário de quem deveria substituir Gérson e não esqueça de ler mais novidades do flamengo, como está: A carreira brilhante de Éverton Ribeiro


    Publicidade
    1xbet

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Em destaque

    Vitor Pereira demitido do Flamengo: Após 3 Meses e 5 Títulos Perdidos

    Vitor Pereira demitido! O Flamengo tomou a decisão de demitir o técnico português Vítor...

    Flamengo Hoje: Pedro x Sampaoli

    O Mengão enfrenta um desafio interno delicado. A relação entre o atacante Pedro e...

    Flamengo Joga Quando Agora ?

    O Fla vive um momento crucial em sua temporada, enfrentando uma sequência de três...