Mais

    Como o Flamengo se tornou o maior do Brasil?

    Publicado em:

    Em troca de um cachê digno de artilheiro da Premier League, o Blog do Fla me pediu um texto que respondesse a pergunta aí de cima.

    Pra começo de conversa, réu confesso, devo admitir que não faço ideia.

    Por motivos compreensíveis, cultivamos o hábito de procurar respostas para essas perguntas nos acontecimentos dos quais fomos contemporâneos. Não vejo como fugir desse caminho, mesmo porque não tenho a paciência – e muito menos o talento – do doce e querido Marcelo Dunlop, incansável na arte de escarafunchar livros e mais livros em busca da informação perfeita.

    Noves fora o clubismo, a caminhada rubro-negra rumo à hegemonia nacional já se provou inigualável. A que mais se aproxima – ainda assim ocupando um distante segundo lugar – é a do Corinthians. Portanto, devagar com o andor: o santo dessa comparação é de barro.

    Maiores torcidas de futebol do brasil 2022

    O que intriga no caso rubro-negro é o crescimento constante, ininterrupto e por todo o canto, independentemente de malfeitos na gestão ou do que acontece dentro de campo. E olha que já aconteceram coisas escabrosas, como um presidente chamado Edmundo dos Santos Silva ou um ataque formado por Buião, Michila e Caldeira. Quem sofreu não esquece.

    O que faz um clube ser ou deixar de ser grande?

    Têm seus mistérios os critérios para se estabelecer o que é um clube grande, ou ainda, em que momento um médio pula pro andar de cima ou um ex-grandalhão se apequena. O tamanho e a paixão da torcida local são importantes, mas não as únicas referências. Número de títulos nacionais, tradição de revelar craques, quantidade de adeptos fora do lugar de origem, capacidade de encher estádios em qualquer lugar. Tudo isso vale, além de um sentimento impossível de explicar, intangível e indizível.

    O Athletico Paranaense já pode ser chamado de grande? Tá em transição, tá querendo, mas ainda precisa comer muito arroz com feijão. O Botafogo deixou de ser grande? Não. Isso só acontece quando o clube bate no fundo do poço – América, Portuguesa de Desportos –, o que não é o caso.

    Mas qual clube brasileiro preenche todos os requisitos acima, e quaisquer outros minimamente coerentes que venham a ser avaliados? Pois é. Não há outro.

    A era do rádio

    Numa época em que não havia transmissões ao vivo das partidas pela tevê, o bom e velho radinho de pilha transportava as emoções do Maraca pra todos os lados.

    Existe uma curiosa tese defendida pelo personagem Murilo Filho no ótimo livro O Drible, do escritor rubro-negro Sérgio Rodrigues: segundo Murilo, os locutores de rádio são os principais responsáveis pelo apuro da técnica do jogador brasileiro.

    Eles não apenas narravam, mas recriavam as partidas, com jogadas espetaculares que só existiam em suas imaginações, lançamentos que eram sempre primorosos, gols que eram todos golaços.

    Para Murilo Filho, nossos jogadores não tiveram escolha: restava-lhes desenvolver uma técnica fabulosa, que correspondesse àquelas narrações. Ok, o rádio fazia o Flamengo viajar pelo Brasil inteiro, porém fazia o mesmo com o Botafogo, o Fluminense, o Vasco.

    Não é por aí que a coisa se explica.

    A força dos nossos times mais encantadores

    Gosto dos elementos que servem de combustível ao futebol. A camisa, a torcida, as lendas, mas o que me encanta, de verdade, é a bola rolando.

    Daí minha tendência em atribuir a hegemonia rubro-negra, antes de tudo, a nossos times inesquecíveis. E não há como negar: dois são os destaques.

    O fino da bola praticado pelo melhor time de futebol visto em nossos gramados nos últimos cinquenta anos representa um considerável ponto de corte. Más línguas atribuem a nacionalização do sucesso rubro-negro à irônica e invejosa definição de “time da Globo”. (Talvez por instinto de defesa, boa parte da nossa torcida enxerga o Flamengo como perseguido pela emissora. De um lado e de outro, deixemos de mimimi: sempre que tivemos bons elencos, ganhamos; sempre que montamos elencos risíveis, dançamos.)

    O prestígio do maior time da história do Flamengo foi impulsionado pelo início das transmissões ao vivo pela tevê. Claro: não havia a transbordância de hoje, mas via-se. A tevê levava, Brasil afora, Zico, Leandro, Adílio, Júnior, Andrade, e eles provavam que os antigos locutores tinham razão.

    Os Flamengos que conquistaram títulos entre 1987 e 2019 foram fundamentais para manter a chama acesa, mas acredito que a distância para os demais clubes aumentou em grande escala recentemente, com a empolgante temporada sob o comando de Jorge Jesus.

    Depois da irrepreensível atuação contra o Palmeiras no Maracanã, três a zero no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o jornalista PVC – paulistano e palmeirense – escreveu que não existia entretenimento melhor do que ver o Flamengo jogar. Excetuando-se os torcedores do adversário do dia, quem não gostava?

    O motivo da ascensão do Flamengo

    Bom. Já que seria justo alguém me confrontar com o argumento de que falei, falei e não disse nada, paro de encher a paciência alheia, procuro garantir os generosos caraminguás prometidos pelo blog e concluo.

    Como o Flamengo se tornou o maior time de futebol do Brasil? Torcida, popularidade, a força do Maraca, formação de tantos craques, rádio e tevê, títulos emocionantes, lances emblemáticos, timaços e mais muita coisa que não tem explicação.

    Mesmo porque, o nome do jogo é futebol. Quem quer explicação para tudo deve procurar qualquer outro esporte, menos esse.

    Não esqueça de acompanhar e inscrever-se no canal para mais novidades sobre o Flamengo. Além disso, veja esta outra matéria: A maldição do Professor Pardal


    Publicidade
    1xbet

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Em destaque

    Flamengo ou Vasco: Quem tem mais títulos?

    Você já parou para pensar quem leva a melhor na eterna rivalidade entre Flamengo...

    Flamengo x Ñublense: Análise detalhada da 2ª rodada da Copa Libertadores

    Flamengo x Ñublense se enfrentaram pela 2ª rodada da Copa Libertadores, em um jogo...

    Flamengo Feminino Hoje

    O Flamengo Feminino hoje é uma equipe de futebol feminino de destaque no Brasil....