Mais

    Flamengo atropela Maringá na Copa do Brasil com placar de 8 a 2

    Publicado em:

    O Flamengo cumpriu as expectativas no Maracanã, goleando o Maringá e revertendo o resultado da Copa do Brasil. O inicio de trabalho de Sampaoli nesses três jogos e o placar de 8 a 2 veio com sinais de evolução coletiva e a busca do treinador pela sintonia entre os artilheiros Gabigol e Pedro.

    Há 28 anos, o Flamengo não marcava oito gols em um jogo. Contra o Maringá foram quatro em cada tempo para ratificar a superioridade entre os elencos e apagar de vez a derrota por 2 a 0 no primeiro jogo. A primeira obrigação de Sampaoli foi cumprida.

    Melhores momentos Flamengo 8 x 2 Maringá

    Características de Sampaoli cada vez mais claras na equipe

    São apenas três jogos, mas as características do argentino estão cada vez mais claras na equipe. A variação tática na formação – inclusive durante as partidas -, Santos participando ativamente da saída de bola, Gerson reencontrando o futebol e Gabi se encaixando ao sistema ganham destaque.

    Gabi em adaptação

    Na coletiva de apresentação, Sampaoli não garantiu a presença da dupla Gabigol e Pedro. Pelo contrário, condicionou a escalação de acordo com o adversário. Por enquanto, os artilheiros foram titulares nos três jogos do argentino.

    Pedro Flamengo
    Pedro

    Enquanto Pedro se destaca pelos gols – foram seis em três partidas -, Gabi se reencontra como o ‘meia armador’ que tanto gosta. O gol de pênalti não define a boa partida que fez. Jogando um passo atrás do ataque e de frente para o gol, o camisa 10 também criou jogadas e deu uma assistência para Cebolinha, além de quatro passes decisivos e duas grandes chances criadas.

    Em busca da solidez defensiva

    Fabrício Bruno e David Luiz foram os escolhidos por Sampaoli. O Flamengo pouco sofreu na defesa, e nos pequenos sustos respondeu rapidamente, mas o técnico ainda busca a zaga ideal. A bola parada precisa de ajustes, não à toa foi assim que saiu o primeiro gol do Maringá.

    Para ajustar a defesa, Sampaoli mudou a formação defensiva. Léo Pereira entrou no lugar de Wesley, e o Flamengo passou a jogar com três zagueiros de ofício: Fabrício Bruno, David Luiz e Léo Pereira. A formação utilizada na estreia contra o Ñublense.

    Mudanças no radar

    O placar elástico e a boa atuação não parecem ter sido o suficiente para Sampaoli, que destacou a diferença entre as equipes. O treinador já projetou mudanças para o próximo compromisso contra o Botafogo, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

    Por fim, deixe seu comentário do que achou da partida contra o Maringá.


    Publicidade
    1xbet

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Em destaque

    Por que o Flamengo não tem estádio?

    Avô do diretor robocopiano José Padilha, o presidente flamengo José Bastos Padilha tinha um...

    Qual Esporte Mais Famoso do Mundo ?

    Os esportes têm desempenhado um papel fundamental na sociedade ao longo da história, unindo...

    Recuperação de Arrascaeta e Luiz Araújo: Rumo à Grande Final

    O Flamengo está prestes a enfrentar uma das batalhas mais importantes de sua temporada:...